5 benefícios do S3 Intelligent Tiering

5 benefícios do S3 Intelligent Tiering

Veja como esse novo serviço pode ajudar a reduzir ainda mais seus custos de armazenamento na AWS

Lançado no final de 2018, o Intelligent Tiering (Camada Inteligente, em português) é uma nova categoria do S3.

A principal função desse novo serviço é promover a realocação automática de objetos entre diferentes categorias de armazenamento. Para isso, ele usa dados de acesso monitorados pela própria plataforma, garantindo a guarda de arquivos pelo menor preço possível.

Como usar as Camadas Inteligentes no S3?

Basta selecionar os dados atuais do S3 e transferi-los para a classe de armazenamento denominada “Intelligent Tiering”:

Para ativar o recurso em novos arquivos, basta selecionar a mesma opção no momento de escolher a categoria de armazenamento.

Feito isso, o sistema moverá automaticamente, do nível Acesso Frequente (FA) o nível Acesso Infrequente (IA) os objetos que não forem acessados em até 30 dias.  Esse período é o padrão da funcionalidade, mas ele pode ser alterado se combinado com outros serviços do S3, como o Lifecycle Policy, como veremos adiante.

Se um objeto movido para a classe de Acesso Infrequente for acessado, o sistema moverá ele de volta para a classe de Acesso Frequente, onde ele permanecerá até que haja um novo período de 30 dias sem acesso – ou outro período determinado na política de ciclo de vida do objeto.

Benefícios do Intelligent Tiering 

1 – Máxima praticidade

Como dissemos, a principal função do Intelligent Tiering é garantir a otimização do armazenamento, transferindo objetos de forma automática entre as classes do S3.

Um dos principais motivos pelos altos custos do S3 é a impossibilidade de se gerenciar a classe de armazenamento de milhares ou milhões de objetos manualmente. Com a automatização,  você ganha tempo e evita desperdício de recursos.

2 – Ideal para diferentes casos de uso

Não importa se você tem cargas de trabalho imprevisíveis, se altera padrões de acesso com frequência ou se simplesmente não deseja analisar manualmente seus padrões de acesso. Em todos esses casos, o Intelligent Tiering pode ser útil para a sua arquitetura.

Quando ativado, o serviço passa a monitorar o acesso de cada objeto, decidindo quando é hora de mover algum para a categoria de Acesso Infrequente. Dessa forma, ainda que você não tenha métricas claras de uso, já será possível economizar no armazenamento de objetos no S3.

Se o acesso a determinados objetos for variável ao longo do tempo, isso pode dificultar a definição de uma política de ciclo de vida de armazenamento. Nesse caso, o Intelligent Tiering também é bastante útil. Se você não definir um ciclo de vida específico, os objetos serão transferidos para uma classe mais barata de armazenamento após 30 dias sem acesso.

Se você tiver políticas de ciclo de vida já definidas e a frequência de acesso for consistente, você pode usar o serviço de Camada Inteligente associado ao Lifecycle Policy do S3. Usando ambos e definindo um período de 20 dias de ciclo de vida, por exemplo, após esse período os objetos serão movidos  para uma classe mais barata de armazenamento.

3 – Redução de custos

A principal funcionalidade do Intelligent Tiering é permitir a redução de custos do S3 a partir da otimização automática da guarda de arquivos entre as diferentes classes de armazenamento.

Assim,  O primeiro aspecto do benefício de custo é que, à medida que seus objetos atingem determinado período sem acesso, eles são movidos para uma classe mais barata de armazenamento do S3 (Acesso Infrequente-IA).

A cobrança pelo armazenamento se dá do mesmo modo: objetos alocados em determinada categoria obedecem às regras de precificação dessa categoria. Pensando nisso, é importante notar que, se o Intelligent Tiering mover um objeto para a categoria de Acesso Infrequente, a requisição de acesso será relativa a esta última categoria de armazenamento, e não à categoria original (de Acesso Frequente, que tem menor custo de requisição).

Além das taxas normais de armazenamento, você também paga uma pequena taxa mensal de monitoramento e automação de US$ 0.0025 para cada 1000 objetos alocados na camada inteligente.

Considerando esses aspectos, o potencial de economia tende a ser consolidado especialmente com volumes mais altos de dados e maior tempo de atividade do Intelligent Tiering.

4 – Disponibilidade garantida

Outro ponto importante sobre o Intelligent Tiering é que a otimização automática de custos, baseada unicamente nos padrões de acesso aos objetos, não afeta a performance do S3 como produto de armazenamento.

A ativação da funcionalidade, assim, não gera sobrecarga operacional no S3, e não há impacto no desempenho do produto ao realizar transferências de objetos de um nível de acesso para o outro.

De maneira geral, o Intelligent Tiering possui as mesmas especificações de desempenho do S3 Standard, com tempos de acesso em milissegundos. Isso significa que os objetos armazenados na camada inteligente contam com 99,9% de disponibilidade ao ano e 99,999999999% de durabilidade (os famosos 11 noves).

Como o serviço já está disponível em todas as zonas de disponibilidade, também não há diferença significativa de latência entre as diversas regiões da AWS pelo mundo.

5 – Compatibilidade com outros serviços do S3

Como dissemos, o uso do Intelligent Tiering pode ser associado ao Lifecycle Policy do S3. Assim, você pode alterar o período padrão de 30 dias para transferência de objetos de uma classe de armazenamento para outra.

Para obter ajuda na definição desse período, você também pode utilizar a ferramenta de Análise de Classe de Armazenamento do S3, que permite examinar padrões de acesso aos objetos guardados no S3.

Além disso, é possível combinar a camada inteligente com outros serviços, como o Amazon Glacier, que proporciona armazenamento de longo prazo por um custo ainda menor do que a categoria de Acesso Infrequente do S3.

Por fim, recursos adicionais do S3, como a tagueamento de objetos a replicação entre Regiões e o S3 select, podem ser aplicados ao conteúdo da camada inteligente, que nesse aspecto funciona como qualquer outra categoria de armazenamento do Simple Storage.

 

Cuidados com o uso do Intelligent Tiering no S3

Mostramos aqui muitos benefícios de se utilizar a camada inteligente para objetos no S3. Entretanto, é importante observar alguns detalhes antes de fazer qualquer migração de arquivos.

O primeiro aspecto importante é que os objetos armazenados na camada inteligente devem permanecer por lá pelo menos nos primeiros trinta dias. Caso contrário, o custo de requisição da categoria de Acesso Infrequente não compensará a redução do custo de armazenamento.

Outra questão significativa é o tamanho dos objetos armazenados nessa camada: se você possuir alto volume de arquivos muito pequenos, é possível que a taxa de monitoramento – como dissemos, cobrada a cada mil objetos – desequilibre  a balança e torne a fatura final ainda mais cara.

Além das taxas de requisição (acesso), esses objetos também têm particularidades em relação à taxa de armazenamento: segundo a documentação da AWS, objetos com menos de 128 KB nunca são movidos para o nível de Acesso Infrequente, portanto você continuará pagando o preço da categoria Standard mesmo que esses arquivos não sejam acessados por mais de 30 dias.

Assim, ao redefinir sua estratégia de armazenamento com base no Intelligent Tiering, priorize a realocação de objetos que estejam na casa dos megabytes, garantindo efetiva economia na otimização a longo prazo.

Leia também: Tags AWS: Como organizar seus recursos na nuvem de forma eficiente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *