Caso de uso – Como reduzir os custos de AWS

Nossos parceiros da Back4App, usam extensivamente os serviços da AWS e este provedor de nuvem hospeda a grande maioria de sua infraestrutura. 

Neste artigo, mostraremos as estratégias que aplicaram para economizar mais de USD 500.000 anualmente na fatura da AWS. As estratégias serão úteis para startups, empresas de software e outras empresas que usam os serviços em nuvem da AWS.

Descreveremos os métodos aplicados, e verá que pode acessar os benefícios de curto prazo em alguns dos serviços da AWS com relativa facilidade. Outros precisará planejar e se esforçar, mas em conjunto poderá obter economias substanciais na AWS. 

EC2 – Elastic Compute Cloud

O primeiro passo é otimizar as instâncias EC2 – Elastic Compute Cloud. O procedimento é muito simples, avalie o tamanho das instâncias e desligue as redundantes. Sempre certifique-se de usar os tipos de instância de última geração pois são mais econômicas e oferecem maior poder de processamento.

O segundo passo para economizar custos substanciais é usar uma reserva de longo prazo para os serviços que são utilizados 24 horas por dia. É possível reservar instâncias de 12 a 36 meses diretamente da AWS ou usar o mercado da AWS. Aqueles que usam o Elastic Cache (Redis) também devem reservar nós.

Outra abordagem, um pouco complicada, é empregar medidas de dimensionamento automático – Auto Scaling para otimizar o uso de recursos inativos. Com essa configuração, é possível pagar apenas pelas instâncias que realmente são utilizadas. Aproveite também os descontos utilizando Instâncias Spot para aumentar ainda mais o uso dos recursos.

Abaixo, as etapas de redução de custos do Amazon EC2.

  • Diminua os tamanhos da instância;
  • Não use redimensionamento automático para minimizar os recursos inativos;
  • Mantenha uma reserva de instâncias no Marketplace;
  • Economize custos usando instâncias padrão em vez de instâncias conversíveis;
  • Experimente instâncias spot;
  • Atualize para instâncias de nova geração;
  • Alcance o desempenho máximo ativando a rede aprimorada;
  • Os preços diferem de acordo com a região. Escolha North Virginia como a opção mais barata; 

EBS – Elastic Block Store

A regra geral é: não faça backup dos dados no EBS, em vez disso, use o Amazon S3 – Simple Storage Service para backup. Lembre-se de que, quando o volume EBS é anexado a cada instância, cada volume deve ser do tipo correto e do tamanho certo. Lembre-se de que os volumes SSD custam cerca de duas vezes o preço dos volumes magnéticos.

Abaixo, as etapas de redução de custo do EBS:

  • EBS – sempre encerre instâncias em vez de interrompê-las;
  • EBS – Prefira armazenamento magnético ao SSD;

S3 – Simple Storage Service

Selecione a classe de armazenamento apropriada para cada tipo de dados. Por exemplo, utilize o S3 Glacier mais barato em vez do S3 Standard para armazenar dados. Somente essa abordagem pode economizar até 400% no armazenamento usado para arquivamento.

Entenda e monitore as solicitações do S3 (S3 API Requests). Lembre-se, sempre que os dados são movidos de uma classe de armazenamento para outra,  solicitações de API são utilizadas e cobradas.

Contas de alto volume podem usar esse pequeno ajuste para economizar custos. Instale um terminal S3 na rede VPC para fornecer uma rota interna para o S3. Os encargos incorridos serão consideravelmente mais baratos que uma transferência pública.

Abaixo, as ações de redução de custo S3:

  • Escolha uma classe para o armazenamento S3;
  • Coloque um ponto final na VPC;
  • Monitore sempre as solicitações S3;
  • Evite usar o EBS em vez disso, faça backup dos dados aqui;

Transferência de dados (ELB e S3)

Ao utilizar um cache para o serviço, grandes economias são geradas no custo da transferência de dados. Por esse motivo, garanta que os terminais estejam conectados a um serviço CDN.

Existem três maneiras principais de incorrer em custos de transferência de dados na AWS: Transfer Out, Inter-Regions e Inter AZ. Alguns dos ajustes abaixo ajudarão a economizar na transferência de dados.

  • Mover transferência para o CloudFront;
  • Combine todos os aplicativos não críticos em um único AZ;
  • Combine todos os aplicativos que não são críticos em uma única região;
  • Economize custos substituindo APIs REST por APIs GraphQL porque o número de solicitações por transferência de dados é reduzido significativamente;
  • Substitua o REST pelas APIs do GraphQL;
  • Transferência de dados – Verifique se existe conexão a um serviço CDN;
  • Transferência de dados – Mudar para o CloudFront pode economizar muito dinheiro;
  • Transferência de dados – O uso de uma única zona de disponibilidade reduzirá os custos entre AZ;

CloudFront

Dado o mesmo nível de uso de dados, o CloudFront é mais barato que o ELB. Com a AWS, é possível desfrutar de concessões, como descontos em volume e contratos de longo prazo. O custo da transferência do CloudFront pode ser tão baixo quanto $ 0,02 / GB, dependendo do poder de negociação e do volume de uso.

Pedir créditos

A grande maioria da economia está em créditos para Startups. Aproveite as muitas vantagens para Startups que a AWS tem para oferecer, que podem chegar a US $ 100.000 em créditos. Além das startups, empresas de desenvolvimento de software e outras empresas também podem solicitar créditos para testar os serviços da AWS. 

Monitoramento e relatórios

Existem ferramentas internas, como o Watch Explorer e o CloudWatch, que podem ser usadas para monitorar os gastos na AWS. No entanto, integre serviços de terceiros, como Dynatrace e Sumo Logic, para monitorar o desempenho da AWS. Essas dicas ajudarão você a economizar substancialmente na AWS. 

Abaixo, como o monitoramento pode reduzir a conta da AWS.

  • Crie metas precisas de redução de custos;
  • Estabeleça uma rotina para economizar custos de maneira consistente;
  • Marque (Tag) tudo;

 

Deseja saber mais sobre a redução de custos da AWS? Leia o artigo completo em Como reduzir os custos da AWS.