Transformação digital de Israel até o Brasil

Essa semana a AWS anunciou que irá abrir novos data centers em Israel no primeiro semestre de 2023. 

A nova região chamada de AWS Israel (Tel Aviv) irá capacitar as instituições públicas e privadas, startups e empresas globais a impulsionar o desenvolvimento econômico do país com tecnologias em nuvem. 

Além disso, o governo de Israel anunciou a AWS como provedor primário de nuvem como parte do contrato chamado Nimbus para ministérios e subsidiárias do governo. 

A estrutura Nimbus irá fornecer serviços de nuvem para ministérios do governo israelense para acelerar a transformação digital e habilitar novos serviços digitais para os cidadãos de Israel. 

 

E no Brasil…

Foi anunciada a expansão da parceria estratégica global entre a Softline e o Google Cloud agora para o Brasil com objetivo de apoiar as empresas em território brasileiro na migração para a nuvem. 

A ideia é oferecer uma verdadeira curadoria em computação em nuvem, cada vez mais acessível para permitir que as empresas tenham acesso a uma infraestrutura de classe mundial para atender as necessidades do negócio. 

 

Qual a diferença entre Pentest e CSPM?

Com a chegada da LGPD a necessidade de definir uma estratégia de segurança e proteção de dados tornou- se uma necessidade prioritária para muitas empresas. E nesse contexto, o Pentest e o CSPM ganharam destaque por possuírem papéis essenciais e complementares na estratégia de segurança e conformidade. 

Mas qual a diferença entre essas soluções? Qual delas é necessária para manter o ambiente digital seguro? 

Para responder essas perguntas criamos um post em parceria com a Pacifc Sec, para explicar como as duas soluções devem ser utilizadas para manter a segurança e conformidade em relação às regulações de proteção de dados. 

Clique aqui para acessar o post e não deixe de conhecer o CleanCloud Score, produto de CSPM, que traz verificações de vulnerabilidades para nuvem AWS, Azure e Google Cloud para estar em conformidade com a LGPD e Bacen 4.658.