O que delivery e sapatos tem em comum?

No AWS Summit São Paulo 2020, duas empresas de setores totalmente diferentes contaram como reinventaram a experiência dos clientes com o uso de serviços de Machine Learning da AWS. 

A primeira é o iFood, uma das empresas que mais cresceu (e nos salvou) na pandemia. Para obter assertividade no atendimento de restaurantes e consumidores, o aplicativo de delivery passou a desenvolver projetos utilizando as soluções de Machine Learning da AWS. 

Para atender a maior demanda a solução foi desenvolver modelos de previsibilidade para testar situações específicas como em caso de tempo chuvoso, quantidade de entregadores e pico de pedidos.

Outras inovações com uso de Machine Learning envolvem prever o tempo de preparo de cada prato e processar modelos de preferência dos usuários para indicar restaurantes e refeições de forma personalizada.

 

Já no mercado de calçados e acessórios femininos…

e com as lojas fechadas, a Arezzo também mudou a estratégia.

A solução foi direcionar o foco para o e-commerce com a personalização da experiência de compra do usuário através dos serviços de Machine Learning da AWS

Além disso, pretende evoluir com o algoritmo de reconhecimento de imagens para utilizar na busca por produtos nos aplicativos. A ideia é o cliente tirar foto de um produto e o aplicativo retornar as opções parecidas com aquela que possui.

 

E como controlar esse custo?

O CleanCloud Inspect permite que o usuário saiba exatamente quanto gasta com cada serviço AWS, incluindo aqueles de Machine Learning, e faça o controle por contas, tags, ID do recurso e muito mais!

Quer saber mais? Clique aqui e faça um teste gratuito por 7 dias.