O que é Azure? Saiba mais sobre a nuvem da Microsoft

O que é Azure? Saiba mais sobre a nuvem da Microsoft

A tecnologia da computação em nuvem evoluiu muito nos últimos anos. O que era visto apenas como uma forma de armazenar arquivos remotamente, se transformou em um modelo de produtividade e um novo mercado digital.

E com o crescimento da demanda e a sofisticação dessa tecnologia na última década, não demorou muito para uma das maiores empresas do mundo entrar no mercado e oferecer seus serviços.

Estamos falando do Azure, o serviço de computação em nuvem da Microsoft. Considerada hoje uma das maiores fornecedoras de infraestrutura em nuvem, a empresa chegou um pouco atrasada para a festa, mas ainda é um grande sucesso entre os usuários corporativos.

Aqui está tudo o que você precisa saber para entender como o Azure funciona e o que ele oferece.

O básico sobre Azure

Primeiro, um pouco de história: A Microsoft lançou a plataforma em 2008 para competir com a Amazon, e graças a um sólido aumento de serviço de PaaS e IaaS, preços econômicos para os clientes do Enterprise Agreement (EA) – mais sobre isso abaixo –  e a conexão com serviços conhecidos da Microsoft, como o Office e o SQL Server, o serviço teve um crescimento substancial nos últimos anos.

Agora, alguns detalhes interessantes sobre a nuvem Azure:

Diferentes tipos de contratos

A cobrança da utilização dos serviços do Azure é, por padrão, realizada por hora de uso. Mas isso não significa que seja simples. Conheça abaixo os diferentes planos:

  • Subscription: a opção mais simples de se utilizar e contratar. Não há compras mínimas ou qualquer tipo de compromisso entre o usuário e a empresa. Você paga apenas o que consumir, no popular modelo “pay-as-you-go”, através de um cartão de crédito que deve ser cadastrado.
    Este modelo é recomendado apenas para ambientes pessoais, de treinamento ou temporários, devido ao fato de possuir os valores mais altos e não contar com suporte direto da Microsoft;
  • Cloud Service Provider (CSP): o modelo de CSP se refere à utilização de serviços da nuvem da Microsoft através de um parceiro credenciado. Aqui, além de trabalhar diretamente com um parceiro para desenhar e implementar a solução cloud que seu negócio precisar, é possível pagar através de boletos ou cartão, simplificando muito o processo de pagamento.
    O cancelamento da nuvem ainda pode ser feito a qualquer momento, não havendo qualquer compromisso entre o usuário e a Microsoft, embora seja normal que o parceiro estabeleça prazos para o cancelamento de seus serviços;
  • Enterprise Agreement (EA): contratos EA são realizados diretamente com a Microsoft e, em troca de descontos significativos nos valores dos serviços de nuvem, dependem de um compromisso de, geralmente, três anos e um pagamento anual adiantado dos serviços oferecidos. O valor pago é convertido em créditos ao longo do ano seguinte, porém caso estes não sejam gastos nesse período, serão perdidos.
    Este plano é utilizado por grandes organizações e grupos empresariais que possuem alto volume de uso e forte relacionamento comercial com a Microsoft.

Azure Cloud Services

O Azure oferece diferentes serviços de nuvem que podem ser divididos em três categorias:

  • Máquinas Virtuais (IaaS): O serviço mais comum do Azure, que fornece servidores virtuais Windows e Linux. Esse serviço fornece controle total sobre a máquina virtual sendo você o responsável pelo gerenciamento desde o sistema operacional até a aplicação sendo executada.
    Exemplos de serviços IaaS são as Máquinas Virtuais e o gerenciamento de Containers;
  • Cloud Services (PaaS): Nesta categoria você não precisa se preocupar com o sistema operacional e nem mesmo com o servidor. O trabalho chato de cuidar das instâncias é realizado pela Microsoft, liberando seu tempo para que possa se focar no desenvolvimento de seus produtos e soluções.
    Exemplos de ofertas PaaS da Azure são o App Services e o Azure Seach;
  • App Services (Saas): SaaS são aplicações completas acessíveis através da internet e, em geral, hospedadas na nuvem por questões de baixo custo e alta escalabilidade. A Microsoft oferece vários de seus produtos nesse formato, sendo o mais conhecido o Office 365, que engloba os mais famosos programas da empresa, como Word e Excel.

Veja abaixo – ou clique aqui – o detalhamento de todos os serviços ofertados pelo Azure:

Serviços Microsoft Azure (Fonte: Microsoft)

Datacenters

Nesse quesito, o Azure não fica muito atrás da Amazon, já possuindo o serviço de nuvem com mais datacenters no mundo. São mais de 100 locais, divididos em 54 regiões espalhadas pelo globo (42 em operação e 12 em construção), que atendem 140 países.

Claro, quantidade não é tudo quando se trata de datacenters. Fatores como segurança, qualidade e capacidade de fluxo de dados são primordiais. Mas quando se está trabalhando em uma escala global, principalmente quando se trata de nuvens híbridas, estar perto de um datacenter ajuda muito – em especial para aquelas regiões que não possuem um centro de processamento próprio.

Regiões Microsoft Azure (Fontre: Microsoft)

Além disso, os usuários podem contar com toda a experiência e investimento em administração de serviços em nuvem da Microsoft, garantindo alta disponibilidade, excelência operacional, eficácia dos custos, sustentabilidade ambiental e uma experiência online confiável para clientes Azure em todo o mundo.

Como utilizar os serviços Azure da melhor maneira possível

Como em qualquer serviço, é preciso mais do que simplesmente investir na ferramenta. É necessário escolher o contrato mais adequado ao seu negócio e implementar o serviço com eficiência e colaboração de toda a equipe.

É preciso também criar um padrão para coleta, análise e edição de arquivos e documentos armazenados em nuvem. Além disso, criar indicadores de performance pode ser determinante para o sucesso do uso dessa infraestrutura.

Sempre há como melhorar o desempenho da nuvem otimizando processos financeiros, administrativos e operacionais.

Uma forma de otimizar os serviços do Azure é utilizando uma ferramenta de gestão de infraestrutura na nuvem, como a CleanCloud, para automatizar o processo de coleta de indicadores de performance e receber insights para melhorar o desempenho das aplicações.

Quer mais detalhes sobre como otimizar sua infraestrutura na nuvem Azure? Hoje, a CleanCloud já oferece a integração com contratos do tipo Subscription e pode te auxiliar a extrair o máximo de sua nuvem. Entre em contato com um de nossos especialistas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.