Reduza seus custos em EC2 com instâncias spot

Reduza seus custos em EC2 com instâncias spot

Saiba como esse recurso da AWS funciona e consiga ainda mais economia em sua nuvem!

 

O que são instâncias spot?

De forma simples, as instâncias spot são um recurso que permite a você aproveitar uma capacidade excedente do Amazon EC2, disponibilizada pelo provedor. É como se fosse um ‘estoque’ de máquinas da AWS, atualmente sem uso.

Por representar o uso de uma capacidade de computação que se encontrava ociosa, esse modelo é oferecido pela AWS por valores muito abaixo da contratação on-demand.  Usando spots, você pode conseguir descontos de 70 a 90% em comparação às instâncias sob demanda.

 

Mas como isso funciona?

A contratação das spot é como um mercado de ações: você informa quanto quer pagar por determinado tipo de máquina e, quando esse valor é atingido no “mercado”, a máquina é ligada e liberada para você.

A partir daí, você pode utilizá-la por todo o tempo em que ela permanecer funcionando. Quando o preço dela no mercado ultrapassar o limite que você estipulou, a AWS te avisará que ela será desligada. Após o desligamento, você pode decidir reajustar o valor ou esperar que uma nova máquina seja acionada pelo mesmo preço.

Assim, com as instâncias spot, você nunca pagará mais do que o preço máximo especificado. Enquanto sua instância for executada, você receberá a cobrança do preço spot que está em vigor por esse período.

 

Como usar as instâncias spot?

Exatamente porque o funcionamento das instâncias spot oscila conforme a disponibilidade de recursos de computação ociosos, esse recurso não é – a princípio – indicado para suportar ambientes de produção.

Entretanto, é possível utilizá-las em tarefas que podem ser realizadas a qualquer momento pelo seu software. Uma plataforma que oferece comparação de preços de determinado produto, por exemplo, utiliza web crawlers para acessar diferentes e-commerces, salvar os arquivos em .html e repetir a tarefa algumas vezes por dia.

Dependendo do volume desejado pela empresa, o total de horas consumidas por esse sistema é muito inferior ao total de horas do dia. Nesse caso, o uso das instâncias spot garante grande redução de custos com recursos computacionais, sem nenhum prejuízo à execução da tarefa.

 

É possível ter uma infraestrutura inteira baseada em spots?

Antes de tudo, é importante observar que qualquer reformulação baseada em spots só é possível graças a alguns esforços de desenvolvimento de software. Conseguindo-se isso, porém, é tecnicamente possível, sim, que o modelo de spots seja empregado em larga escala na infraestrutura de uma organização. Temos até um caso bastante conhecido dessa proeza:

A Netflix, provedora global de filmes e séries de televisão via streaming, reformulou sua infraestrutura para reduzir em 92% seus custos com codificação de vídeos. Essa economia só foi possível graças ao seu mercado interno de instâncias spot.

Essa é uma tarefa difícil, claro, e você não precisa começar a usar as instâncias spot já começando uma grande revolução. Como dissemos, elas podem ser empregadas em tarefas que não demandem dedicação integral de servidores. De uma maneira ou de outra, porém, existem ferramentas no mercado que facilitam esse uso e o tornam mais seguro para a sua aplicação.

 

Automatize essa tarefa!

Pensando nesse potencial de economia, algumas empresas oferecem aplicações que garantem o uso seguro das spots mesmo em situações que requerem grande estabilidade, como os ambientes de produção. Uma delas é a Spotinst, que proporciona o melhor dos dois mundos: usar dessas instâncias, economizando até 80% nos gastos mensais, e garantir a alta disponibilidade dos seus servidores.

 

Além disso, a ferramenta de orquestração da empresa pode ser configurada para utilizar primariamente máquinas on-demand que tenham alguma reserva alocada. Apenas após superar o limite mensal de horas reservada que as máquinas spot são iniciadas.
Apostando nesse serviço empresas brasileiras como VTEX e B2W conseguiram economias impressionantes em pouquíssimo tempo!
 

Gostou da ideia? Saiba mais sobre esse serviço acessando a documentação oficial da Amazon.

Para economizar ainda mais, entenda como desligar instâncias de forma automática com o AWS Instance Scheduler.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *