The results are in…

O isolamento social gerado pela pandemia do COVID-19 teve como consequência um aumento considerável na demanda por soluções de computação em nuvem.
E isso refletiu no resultado dos líderes deste mercado: AWS, Microsoft Azure e Google Cloud.
A AWS manteve a liderança com uma receita de US$ 11,6 bilhões em Q3.2020 e com um crescimento de 29% em relação ao mesmo período do ano anterior.  Vale mencionar que a AWS foi responsável por mais de 12% da receita total e 56% do lucro líquido da Amazon.
Em segundo lugar continua a Azure, que junto com os negócios de nuvem da Microsoft, chamado de Intelligent Cloud apresentou receita trimestral de US$ 13 bilhões, um aumento de 20% com relação ao mesmo período do ano passado. O resultado da Azure mais uma vez não foi divulgado, apenas o crescimento de 48%.
Em terceiro a holding controladora do Google, a Alphabet, divulgou receita do Google Cloud Platform de US$ 3,44 bilhões, um aumento de 45% em comparação com o mesmo trimestre do ano passado. Assim como a Azure, essa unidade de negócio vai além do Google Cloud, com destaque para o G-Suíte.

 

Entrevistas com a CleanCloud

Essa semana participei de duas entrevistas muito interessantes com a Safety Detectives e The Silicon Review para falar um pouco sobre a CleanCloud e como a empresa tem ajudado diversos clientes a aproveitar ao máximo da nuvem AWS e Azure com os produtos de otimização de custos e conformidade.