Vacinas, carros e computação quântica

Eis um bom exemplo quando dissemos que todos mercados podem usar computação em nuvem….

A primeira é da empresa de biotecnologia Moderna que firmou uma nova parceria com a AWS.

A empresa é uma das grandes farmacêuticas que estão na corrida para desenvolver uma vacina para o COVID-19. Porém, sabemos que esse processo não é tão simples, envolve milhares de horas de pesquisa e testes antes de ser administrada em seres humanos.

Para isso o foco da parceria é acelerar significativamente a criação de uma nova vacina através dos serviços de análise e Machine Learning da AWS.

 

Carros mais inteligentes

No mercado automobilístico a Toyota também se juntou a AWS para possibilitar um futuro mais inteligente para os carros.

A empresa irá utilizar os serviços da AWS ​​para processar, analisar dados e desenvolver novos serviços de veículos, desde viagens e compartilhamento de veículos até seguro com base no comportamento de direção.

 

Computação quântica

Essa semana foi anunciada a disponibilidade geral da plataforma de computação quântica, o Amazon Braket. 

De modo geral, a computação quântica tem o potencial de resolver problemas computacionais fora do alcance de computadores clássicos. Essa abordagem de computação permite transformar diversas áreas como engenharia química, descoberta de medicamentos e Machine Learning.

Com o Amazon Braket, desenvolvedores e pesquisadores podem testar e solucionar problemas de algoritmos quânticos em simuladores para explorar o potencial dessa tecnologia além de contribuir para o desenvolvimento e processamento das informações.

 

E a CleanCloud?

As centenas de serviços oferecidos pela AWS permite aplicações tão distintas, e é impossível inovar, gerenciar o uso e ainda manter os custos sob controle e inovar.

Por isso é fundamental usar produtos como os da CleanCloud para que possa aproveitar ao máximo sua nuvem.